Nacional

Presidente da República inaugura Centro Cultural Moçambique-China

2023-09-28 08:50:34 (UTC+01:00)

O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirige, hoje, em Maputo, a cerimónia de inauguração do Centro Cultural Moçambique-China.

Um comunicado da Presidência da República refere que o Centro Cultural em alusão, localizado junto ao Campus principal da Universidade Eduardo Mondlane, é fruto da cooperação bilateral entre Moçambique e China e é o segundo maior de África.

Na ocasião, o Chefe do Estado irá igualmente proceder ao lançamento das manifestações artísticas, alusivas à celebração do nonagésimo aniversário natalício do Primeiro Presidente de Moçambique independente, Samora Moisés Machel, lê-se no comunicado.

O edifício ocupa uma área de 20 mil metros quadrados, com várias salas para teatro, espectáculos musicais, eventos corporativos, destacando-se o Grande Auditório com capacidade para 1.500 lugares, estúdios e salas de ensaio para música, dança e salas de exposições para artes e artesanato.

Sendo um projecto - chave no âmbito da cooperação cultural entre os dois países, o CCMC irá contribuir grandemente para a promoção e desenvolvimento da exibição e da difusão cultural, bem como para a promoção das Indústrias Culturais e Criativas de todo o território nacional e do mundo, assegurando emprego e renda para os fazedores das artes e cultura, através da rentabilização do seu património e, de igual modo, tornar a cidade de Maputo mais apetecível para o turismo de eventos e de negócios.

Para além do acto oficial de inauguração do Centro Cultural, de 28 a 30 de Setembro terão lugar naquele espaço diversas manifestações artísticas, alusivas às celebrações do 90º aniversário natalício do saudoso Presidente Samora Moisés Machel, com destaque para exposições de arte e artesanato, gastronomia, ciclo de cinema Samora Machel, espectáculos diversos e debates.

Tomarão parte do evento de inauguração oficial os membros dos Governos Central e Provincial, Corpo Diplomático Acreditado em Moçambique, artistas e fazedores da cultura, Representantes de entidades Públicas e Privada, Fundação Samora Machel, convidados e o público em geral que poderá acompanhar a programação especial acima referida.