Nacional

Vandalização de infraestruturas deixou 30 mil pessoas sem energia em Cabo Delgado

2022-07-06 08:59:35 (UTC+01:00)

Pelo menos 30 mil pessoas ficaram sem energia devido a vandalização de transformadores pelos terroristas, nos últimos três anos em Cabo Delgado, anunciou ontem fonte da Eletricidade de Moçambique (EDM).

Os Terroristas vandalizaram pelo menos 25 transformadores em Cabo Delgado, referiu Gildo Marques, diretor para a área de serviço ao cliente de Pemba, citado pela Televisão de Moçambique, escreve a Lusa.

O responsável avançou que pode haver mais transformadores vandalizados e pessoas afetadas nas regiões que estão sob proteção face à insegurança, pontos em que a EDM não tem ainda acesso.

Segundo Gildo Marques, a situação de insegurança em Cabo Delgado tem dificultado o cumprimento do plano de eletrificação da província, principalmente nos distritos a norte, região mais afetada pelos conflitos armados.

"Já havíamos planificado eletrificar dois postos administrativos da zona norte, no distrito de Palma, este ano, mas por causa da situação não foi possível", assim sendo teve de se "redobrar esforços para eletrificar, pelo menos, todos os postos administrativos do sul e centro", referiu o diretor.