Vida e Lazer

Casal divorciado por engano

2024-04-17 08:05:39 (UTC+01:00)

Um casal britânico foi divorciado por engano devido a um erro do funcionário de um escritório de advogados. Após o erro, o escritório tentou reverter a situação, mas a justiça negou o pedido.

De acordo com o The Guardian, um membro da equipa do escritório de advocacia Vardag abriu, acidentalmente, o arquivo de um casal, que ainda não tinha terminado o processo de divisão de bens, enquanto estava tratar do processo de divórcio "online" de outro par. O erro aconteceu no dia 3 de Outubro do ano passado e o sistema do portal de divórcios "online" concedeu a separação ao casal 21 minutos depois de o advogado ter submetido, por engano, o pedido.

O escritório só apercebeu-se do erro dois dias depois, tendo solicitado a rescisão do processo. No entanto, o juiz Andrew McFarlane recusou-se a anular a decisão por considerar que a falta de consentimento das partes não tornava o processo nulo, já que os advogados estavam "autorizados a agir em seu nome e o tribunal tinha o direito de aceitar o pedido de decisão final".

A decisão foi criticada por Ayesha Vardag, advogada do caso, conhecida como "diva do divórcio", que considerou que o veredicto do juiz foi uma "má decisão" e que a justiça não deveria conceder o divórcio a "pessoas com base num erro administrativo".