Vida e Lazer

Cientistas dizem que cinco mil golfinhos morreram devido à invasão russa

2022-08-23 15:10:50 (UTC+01:00)

Cientistas defendem que mais de cinco mil golfinhos morreram em resultado da invasão da Ucrânia, argumentando que a razão para tal é o uso de sondas pelas forças navais da Rússia.

De acordo com o Noticias ao minuto, o verdadeiro número "poderia ser ainda mais elevado", segundo o biólogo Ivan Rusev, que partilha a opinião de outros acerca dos navios e submarinos que estão no Mar Negro.

Rusev, que trabalha no Parque Natural Nacional das Lagoas de Tuzly, na região sul da Ucrânia, em Odessa, explicou que apenas cinco por cento dos golfinhos mortos dão à costa, sendo que os restantes 95 por cento afundam-se no fundo do mar.

"Não podem ser contados a partir dos que chegam à costa, acreditamos que dezenas de milhares de golfinhos já morreram durante a guerra bárbara russa contra a Ucrânia", disse o biólogo ao grupo de direitos dos animais Open Cages Ucrânia, de acordo com o WSTPost.

A presença naval da Rússia no Mar Negro não é recente, mas aumentou desde o início da guerra na Ucrânia. Antes da ofensiva, os pescadores ajudavam muitos golfinhos que estavam feridos, no entanto, os que são encontrados agora estão intactos.

Para recuperar a população destes animais no Mar Negro, Rusev apelou à criação de um parque nacional nas águas do noroeste após o fim da guerra.