Vida e Lazer

Meninos proibidos de participarem nas aulas em escola católica por usarem saias

2022-06-21 09:10:57 (UTC+01:00)

Dois meninos, de quatro e seis anos, foram proibidos de participar nas aulas no início deste mês na escola particular Sainte-Jeanne-d'Arc em Tours, França, por estarem a usar saia. "O nosso filho de seis anos gosta de usar saias ou vestidos. Ele adora lantejoulas, vernizes e fantasias de princesa. O irmão também usa regularmente. Ficam muito felizes e isso para nós não é um problema", disse Émelin, pai dos dois rapazes, escreve o Correio da manha.

A direção da escola católica entendeu que o uso de saias deve ser reservado às meninas, de acordo com o canal francês BFM TV. A decisão causou desconforto aos pais: "Incomoda-me que tenham sido marginalizados, parece-nos completamente desproporcional."

O casal lamentou ainda que a educação em França passe por normas de género. "Quando vemos o que está ser feito atualmente em termos de educação neutra em países nórdicos, como a Suécia, percebemos que estamos muito atrasados na França", observou o pai das crianças.

O diretor da escola Sainte-Jeanne-d'Arc, Bernard Le Floch, reconheceu que esta é uma regra que, em 40 anos de carreira, nunca pensou escrever. "Gostemos ou não, ainda temos códigos sociais em França", disse adiantando que "na esfera privada, as crianças fazem o que querem. No jardim de infância, no parque, eles vestem-se como querem. Aqui, pedimos que certas regras sejam respeitadas".

Depois da escola lançar a nova regra, os dois rapazes voltaram à escola de calções.