Vida e Lazer

Mulher diz que se apaixonou pelo filho devido à Atração Sexual Genética

2022-05-13 08:52:26 (UTC+01:00)

Ben Ford, que foi adotado, reuniu-se com a mãe biológica, Kim West, 30 anos depois, e os dois acabaram por se apaixonar, em Michigan, nos EUA.

De acordo com o Correio da Manhã, Kim admitiu que começou a ter sonhos sexuais com o filho depois de ele a procurar como forma de conhecer a família biológica e lhe ter enviado uma carta em 2013.


Depois de se conhecerem e terem relações sexuais, Ben acabou por se divorciar da companheira. Kim West, de acordo com o The Mirror, diz que teve com o filho um "vínculo instantâneo", e culparam a relação pela Atração Sexual Genética (ASG), um fenómeno que ocorre quando se desenvolve uma atração sexual entre dois membros da família que se conhecem pela primeira vez em adultos.
A mãe e o filho foram forçados a esconder-se depois do relacionamento se tornar público, devido às leis sexuais do estado a que pertencem. Podem ser ambos condenados até 15 anos de prisão.