Vida e Lazer

Nova doença ataca pulmões de usuários de cigarros eletrônicos

2022-05-11 07:28:20 (UTC+01:00)

A Evali já matou 68 pacientes nos Estados Unidos e 7 casos foram diagnosticados no Brasil

O Fala Brasil mostrou detalhes sobre a Evali, doença causada pelo uso de cigarros eletrônicos e que foi diagnosticada recentemente. A enfermidade já fez 68 vítimas nos Estados Unidos. No Brasil, foram registrados 7 casos.

A Evali (sigla em inglês para Lesão Pulmonar Induzida por Cigarro Eletrônico) é uma reação inflamatória dos pulmões que pode causar insuficiência respiratória.

Por conter dezenas de produtos químicos, os cigarros eletrônicos também podem causar câncer nos pulmões, na bexiga, no esôfago e no estômago.

Aristóteles Alencar, especialista em cardiologia, alerta para os riscos do consumo de cigarros eletrônicos, que podem ser mais agressivos que os fumos convencionais. "O cigarro convencional demora, às vezes, de 20 a 30 anos para manifestar doenças no usuário. Já o cigarro eletrônico tem mostrado essa agressividade em menos tempo", disse.

Além dos malefícios à saúde, o os cigarros eletrônicos também têm colocado os seus usuários em perigo por conta de explosões

Um cigarro eletrônico explodiu em uma casa no município de Itanhaém, litoral sul do estado de São Paulo, causando um incêndio em um dos cômodos da residência. No local, estavam seis pessoas, mas nenhuma delas ficou ferida.

Segundo autoridades, há uma estimativa de que cerca de 600 mil brasileiros sejam usuários de cigarros eletrônicos, apesar de sua venda ser proibida em território nacional.