Vida e Lazer

Pastor foge da prisão para namorar com mulher de companheiro de cela

2021-05-03 08:59:47 (UTC+01:00)

Um pastor evangélico que estava a cumprir pena no estabelecimento prisional de Florencio Varela, na Argentina, teve a sua primeira saída precária esta semana. Contudo, não regressou à prisão.

Em vez disso, o pastor Alejandro, como é conhecido no meio dos evangélicos, partilhou uma selfie nas redes sociais, deitado numa cama com uma mulher a dar-lhe um beijo.

Além de estar em fuga à Justiça, o problema é que a mulher da fotografia é companheira de um outro pastor evangélico da mesma prisão com quem Alejandro partilhava a cela.

De acordo com os meios de comunicação social argentinos, a polícia e a Justiça não são os únicos à procura de Alejandro. A traição está a indignar os reclusos evangélicos de vários estabelecimentos prisionais e estes já avisaram que vão ajustar contas com ele.

Alejandro Claudio Guerrero, de 37 anos, já foi detido várias vezes, por roubo, tráfico de droga e posse de armas ilegais. No total, o pastor evangélico já passou 20 anos detido.